in ,

Cem Soldos de luto. Morreu Manuel Maria Mota (c/ vídeo)

manuel mota

Morreu hoje em Vila Franca de Xira Manuel Maria Mota, 83 anos, figura conhecida e respeitada sobretudo em Cem Soldos, terra onde nasceu e viveu toda a vida.

Dedicou a sua vida à arte tipográfica na antiga Gráfica de Tomar onde foi compositor, tendo sido colaborador do jornal Cidade de Tomar.

Era um homem muito culto que gostava de história. É da sua autoria o livro “Madalena: Contributos para a História da Freguesia”.

Foi um dos primeiros presidentes do Sport Club Operário de Cem Soldos, coletividade que organiza o festival Bons Sons.

Em 2019, durante o festival, “Tomar na Rede” entrevistou Manuel Mota (vídeo em baixo), conversa na qual manifestava a sua satisfação pela alegria e movimento que o evento traz à aldeia. “Gosto muito de viver, tenho muita pena de morrer”, confessou.

Manuel Mota deixa quatro filhos (entre os quais o atleta Luiz Mota), seis netos e cinco bisnetos.

A toda a família apresentamos sentidas condolências.

Assim que tivermos informações acerca do funeral, divulgaremos.

 

Nos primeiros três minutos do vídeo, entrevista com Manuel Maria Mota no festival Bons Sons de 2019

Escrita por Redação

Blog informativo Tomar na Rede. Notícias sobre Tomar e região envolvente. Informação local e regional.

Comentários

Responder
  1. Era de um modelo como já não se usa. Agarrado ao terrunho e ardente defensor da comunidade tomarense. Foi um dos pilares da Gráfica, junto com o Guilherme, o Carlos Alves e o António Maria. Sem o seu trabalho meticuloso e abnegado, o Cidade de Tomar nem sempre teria saído como saiu. Gonçalo Macedo, um dos directores, reconheceu-o. Dele dizia que “é um excelente escudeiro, do melhor que temos”.
    Se o Convento de Cristo é hoje Património da Humanidade, a ele se deve também uma pequena parte. Trabalhou arduamente e pro bono, em conjunto com Carlos Alves, o António Maria, o autor deste comentário e outros, para que o dossier de candidatura estivesse pronto a tempo de viajar para a Suiça, sem envergonhar.
    Que descanse em paz, pois bem mereceu.
    As minhas condolências a toda a família .
    António Rebelo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0
nuno 553A2212

Autores de Tomar em destaque na Feira do Livro de Lisboa

acide rotunda 995 1803736626151670746 n

Reboque de camião tombou e espalhou pimentos na estrada