InsólitoDestaque

De que é que estes turistas se riem?

Na praça da República, em pleno centro histórico de Tomar, há uma inesperada atração turística que provoca risadas aos visitantes.

Quando vista de perfil, em determinada posição, a estátua de Gualdim Pais é alvo de risos marotos. É que o guarda-mão da espada do fundador da cidade, naquela posição, confunde-se com um pénis “firme e hirto”.

Os turistas divertem-se, tiram fotos, há quem comente que Gualdim Pais sofre de priapismo e há até quem faça montagens com as mãos e a espada, à semelhança do que fazem com a torre Eiffel ou a torre de Pisa.

tomardrive banner out. rodape 2020 41 7293055622693185155 n Copia

A estátua foi criada pelo escultor Macário Dinis e inaugurada a 9 de julho de 1940.

Estátua de Gualdim Pais inaugurada há 80 anos (c/ vídeo)

1 comentário

  1. Realmente, para além da marotice assinalada, a estátua do Gualdim Pais é uma anedota, que diz muito sobre a tosca mentalidade tomarense. Onde já se viu um cavaleiro templário a pé, mestre e fundador da urbe, ainda por cima, de costas para a Câmara e com o escudo a proteger-lhe as traseiras?
    Acresce que está no lugar do antigo pelourinho, símbolo das liberdades municipais, o que não deixa de ser caricato. Por isso, pouco depois do 25 de Abril circulou um abaixo assinado, que reuniu uma centena de assinaturas de gente grada da cidade e do concelho, pedindo a transferência da estátua para a Cerrada dos Cães, onde há um terreno circular coberto de erva à sua espera desde 1961.
    Porque o monumento foi financiado por subscrição pública, e alguns descendentes dos subscritores ainda eram vivos, a câmara de então optou por deixar tudo como estava e está. E nunca mais se voltou a abordar o problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo