EconomiaDestaque

Telefones públicos em vias de extinção

- Publicidade -

Há cada vez menos postos telefónicos públicos em Portugal e Tomar não foge à regra.

Segundo dados oficiais do Instituto Nacional de Estatística (INE), restam no concelho de Tomar 62 postos telefónicos, em cabines ou em estabelecimentos comerciais, quando em 2018 eram 111. Foi o concelho da região onde o corte foi maior.

Abrantes foge à regra e, em cinco anos, aumentou de 49 para 52 postos telefónicos públicos. No caso do Entroncamento o aumento foi de dois.

Globalmente, nos 13 concelhos do Médio Tejo, a redução foi de 545 para 439 nos últimos cincos anos.

Em Tomar, uma das últimas cabines que foi retirada estava localizada na praceta de Olivença, à entrada da Corredoura, onde atualmente se encontra uma esplanada.

- Publicidade -

Outras foram alvo de atos de vandalismo ou de furto com aconteceu em 2014 na av. Nuno Álvares Pereira.

Nené Cebola. Quem se lembra?

- Publicidade -

1 comentário

  1. Em Tomar, terra de doutores e de gente rica, todos têm telemóvel. Cabines é no Entroncamento dos ferroviários e em Abrantes, terra de gente
    modesta mas que chega ao governo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo