EconomiaDestaque

SIC transmite reportagem sobre elevado preço das casas em Tomar

- Publicidade -

“Preços de casas em Tomar aumentaram 30% nos últimos dois anos” é o título de uma reportagem que a SIC emitiu nesta segunda feira, dia 12.

A explicação para esta escalada de preços tem a ver com a falta de oferta e o aumento da procura, sobretudo por parte dos estrangeiros.

Uma agente imobiliária ouvida na reportagem refere que os estrangeiros têm dinheiro, compram a pronto e não discutem valor. Por seu turno, os proprietários começaram a perceber esta situação e aumentaram o valor dos imóveis.

Outro problema está no mercado de arrendamento. Não há imóveis para arrendar, apesar de haver muita procura, por exemplo, por parte dos chamados nómadas digitais. Na reportagem são apresentados alguns exemplos: um estúdio por 400 euros/mês ou um T1 por 500 euros.

No entanto, este fenómeno do aumento do preço da habitação na ordem dos 30% pode vir a mudar com o aumento das prestações bancárias.

- Publicidade -

 

A reportagem pode ser vista aqui

- Publicidade -

6 comentários

  1. As casas estão caras em Tomar e com razão. Enquanto as varandas dão para o oceano Índico e seu magnífico pôr-do-sol, os quartos têm grandes janelas panorâmicas viradas para o El Capitan. Os bidets têm repucho para lavar o Inhofe, e os elevadores passam filmes do Heffner.

  2. Tomar não tem economia própria, estando sujeita à especulação de quem aparece. A proximidade de Lisboa, melhor, a existência de comboio a todas as horas para a capital (algo que resta do passado industrial da cidade), torna Tomar mais apetecível para a especulação imobiliária. Os que ainda vão por cá ficando, que se aguentem.

  3. E ainda há quem ache que o problema são os imigrantes. O problema são estes “expats” ricaços que cá chegam e não pensam nos habitantes locais. Infelizmente conheço casos…

  4. São precisos sempre dois atores para para se realizar uma transacção imobiliária ou outra qualquer. Se um pagou caro, o outro ficou satisfeito por receber mais.
    Podemos escolher culpar o comprador ou o vendedor. Nehuma das escolhas irá resolver o problema do acesso á habitação para quem tem rendimentos baixos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo