EconomiaDestaque

Não para de aumentar o número de unidades de alojamento local em Tomar

- Publicidade -

Já vai em 231 o número de unidades de alojamento local em Tomar, segundo a listagem publicada no site do Turismo de Portugal, mais do quádruplo do que se registava em 2017. Nos últimos seis meses houve um acréscimo de 30 AL no concelho.

Representando mais de 1500 camas, a maior parte dos AL localizam-se na freguesia urbana, distribuídos por estabelecimentos próprios, moradias ou apartamentos.

Os bungalows do “Refúgio do Carrascal” e o “Estúdio 81” na rua da Sinagoga, são algumas das mais recentes unidades.

A nível do distrito, Tomar é o segundo concelho com mais AL. O primeiro é Ourém, com um total de 268 AL, localizados sobretudo em Fátima.

No distrito há 1161 registos.

- Publicidade -

 

Unidades de alojamento local (a 19-05-2023)

ConcelhoAL
Ourém268
Tomar231
Santarém130
Abrantes89
Torres Novas25

Fonte: Turismo de Portugal

Nota: estes números referem-se aos estabelecimentos legalizados, porque há alguns que funcionam à margem da lei.

- Publicidade -

3 comentários

  1. Na falta de indústria opta-se pela criadagem: arrumar quartos, limpar retretes, cozinhar e servir às mesas. É este o futuro dos tomarenses. Dos “verdadeiros tomarenses” que arruinaram a economia local.

    1. Face ao seu comentário que respeito, mas com o qual não estou inteiramente de acordo, quero deixar-lhe uma pergunta. Nu cá fez férias fora de casa? Nunca almoçou ou jantou em restaurantes?
      Obrigado.

  2. Quem trabalha no turismo merece todo o respeito ainda que seja mal pago e quase não
    tenha carreira. Esta é a base da economia dos paises pobres como na América Central, o Egipto e o norte de África, países com pouca água e de forte emigração como Cabo Verde ou dos aflitos bloqueados como Cuba. É para aí que vão os europeus e os norte americanos ricos. Mas porque será que há em Portugal milhares de jovens licenciados nas melhores universidades do pais a emigrar .?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo