in ,

Mercado semanal regressa esta sexta feira

Com menos vendedores e número limitado de clientes, o mercado semanal de Tomar regressa esta sexta feira, dia 12, ao parque de estacionamento na zona envolvente do edifício do mercado municipal.

Estão definidas uma série de medidas que visam a contenção da pandemia de Covid-19.

Para já é obrigatório para todos, vendedores e clientes, o uso de máscara ou viseira. Quem vende tem ainda de usar luvas.

Vão estar definidos circuitos de movimentação dos clientes, com frascos desinfetantes à entrada e saída.

As bancas de venda têm de estar distanciadas três metros e, sempre que possível, só pode estar um cliente por vendedor.

As casas de banho do mercado só estão abertas para os vendedores.

Alguns feirantes queixam-se de que não foram informados pela câmara do regresso do mercado semanal.

 

Plano de contingência definido pela câmara:

Na Feira Semanal observam-se as seguintes normas:

  1. Uso obrigatório de máscara ou viseira;
  2. Uso obrigatório de luvas pelos trabalhadores e feirantes;
  3. Definir um corredor de circulação obrigatória para acesso aos lugares de venda;
  4. Colocar na entrada do corredor de acesso aos lugares de venda um ponto de desinfeção de mãos, através de uma solução antisséptica de base alcoólica (SABA);
  5. Não existência de ajuntamentos de pessoas nas entradas e saídas do espaço de venda;
  6. Impor medidas de distanciamento físico de 3 metros entre lugares de venda.
  7. Assegurar, sempre que possível, a ocupação máxima de um cliente por vendedor;
  8. Providenciar para que os clientes permaneçam junto de cada vendedor o tempo estritamente necessário à aquisição dos bens;
  9. Promover o distanciamento social de pelo menos 2 metros, entre clientes;
  10. Os vendedores devem possuir a solução (SABA) para higienização das suas mãos, entre atendimento de clientes;
  11. Divulgação das medidas de etiqueta respiratória, bem como da lavagem das mãos, conforme orientações da Direção Geral da Saúde;
  12. Manter as instalações sanitárias exteriores encerradas ao público geral;
  13. Garantir que a utilização destas instalações seja para uso exclusivo dos vendedores;
  14. Realizar higienização dos sanitários preferencialmente de duas em duas horas;
  15. Definir locais e recipientes para a recolha de equipamentos de proteção individual (EPI’s) e cumprir o protocolo para tratamento destes resíduos (máscaras, viseiras, luvas e aventais) estipulado pela DGS;
  16. Assegurar a limpeza e desinfeção da área de venda, após o horário de encerramento.

Mais informação aqui

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Motard tomarense morre de acidente

Concurso para diretor do Convento de Cristo só em 2021