EconomiaDestaque

Empresa de Ferreira do Zêzere cria ração para cães à base de insetos

- Publicidade -

A empresa petMaxi, fábrica de alimentos para cães e gatos com instalações em Ferreira do Zêzere, acaba de lançar um produto inovador para cães, uma ração à base de proteína de inseto.

A novidade foi apresentada durante o II colóquio Internacional realizado no dia 5 de junho, no hotel dos Templários, em Tomar.

Chama-se happyOne Premium e, segundo a empresa “representa uma abordagem sustentável e nutritiva para cães, utilizando proteínas provenientes de insetos selecionados cuidadosamente”. Segundo os primeiros testes realizados, os cães preferem a ração feita com insetos do que a tradicional.

O colóquio reuniu cerca de 200 pessoas, incluindo clientes nacionais e internacionais, e abordou temas relevantes para a indústria pet, incluindo as vantagens dos probióticos; a utilização de alimentos frescos; as tendências de marketing; controlo de qualidade e as novas proteínas, com destaque para os insetos.

“Acreditamos que o happyOne Premium Proteína de Insetos será uma revolução na indústria pet” afirmou Luis Guilherme, CEO da petMaxi. “Estamos comprometidos em oferecer aos nossos clientes produtos de alta qualidade, que atendam às necessidades nutricionais de cães e gatos e, ao mesmo tempo, sejam sustentáveis. O lançamento do happyOne Premium Cão Adulto Proteína de Inseto é um passo importante nessa direção.”

- Publicidade -

Da parte da tarde, os clientes tiveram oportunidade de visitar a fábrica, em Ferreira do Zêzere, concluindo o dia a assistir e participar numa demonstração de agility.

Com a realização deste colóquio, a petMaxi “reafirma o seu compromisso na proximidade com os seus clientes e em promover a inovação, a saúde e o bem-estar dos animais de companhia, através de produtos de qualidade e soluções sustentáveis”.

- Publicidade -

5 comentários

  1. Tempos houve em que um famoso restaurante de Lisboa servia refeições aos clientes à base de cão. Resumindo e concluindo: isto, no Reino animal temos de ser uns para os outros!
    Por acaso alguém se lembra do nome desse famoso restaurante lisboeta?

  2. gosto muito da lingugem “selecionado cuidadosamente”…….este pessoal é mesmo muito esperto os dono da fabrica que a coma com o cão dele

  3. O restaurante que eu referi acima chamava-se “O Polícia” e era muito afamado por causa do cabrito que servia, até que certo dia, um cliente resolveu levar uns ossitos para o bobby lá de casa. Qual não foi o seu espanto quando o cão desatou a uivar e a recuar perante o “pitéu” que lhe era oferecido. Desconfiado, o dono levou os ossos a um veterinário que lhe confirmou que eram ossos de cão.
    O caso foi entregue à polícia e o restaurante fechou portas até hoje!
    Sei que havia pessoal de Tomar que fazia excursões a Lisboa para passar um belo dia…onde se incluía um valente repasto n’O Polícia!!!

    1. Tás a falar de um restaurante bastante conceituado, aberto desde o ano 1900 e sem nunca ter fechado até aos dias de hoje, com pessoas bastante responsáveis há muitos anos à frente do restaurante, que conheço bem. Tem boas avaliações em plataformas como o Tripadvisor.
      A tua sorte é os teus comentários, não terem impacto nem voz em lado nenhum, senão a esta hora já o carteiro ia em direção a tua casa com uma notificação, porque estás a mentir e a difamar quem trabalha de maneira séria para ganhar a vida ao contrário de ti.
      Mais tento na língua e não digas o que te apetece só para teres atenção.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo