in ,

Câmara analisa projeto para a estalagem de Santa Iria

Estalagem de Santa Iria. Foto de António Martins

Fechada há quase dois anos, a estalagem de Santa Iria, localizada no Mouchão em Tomar, aguarda que a empresa vencedora do concurso de arrendamento apresente o projeto para o edifício, de modo a que reabra como unidade hoteleira de três estrelas.

Esse será um dos temas da reunião da câmara de Tomar desta segunda feira, dia 20. O Executivo vai analisar o projeto apresentado pela empresa “Era Uma Vez em Tomar” que prevê aumentar o número de quartos de 14 para 20 (a sala dos banquetes é transformada em quartos), instalar um elevador conforme obriga a lei, entre outros melhoramentos sem alterar a arquitetura e a volumetria do imóvel.

Depois de aprovado pela câmara, o projeto tem de receber luz verde da Agência Portuguesa do Ambiente para que possa avançar com as obras que se prevê durarem cerca de um ano.

Enquanto isso, continuam desaparecidos os quadros que se encontravam na estalagem de Santa Iria e a câmara parece não estar preocupada com isso.

Onde param os quadros da estalagem de Santa Iria?

Escrita por Redação

Comentários

Responder
  1. Mais uma Engracia em Tomar, mais uma encrenca na, e da, nossa (deles) Câmara.
    Mais um assunto secreto acerca do qual nada sabem os cidadãos tomarenses comuns.
    Mais um negocio que parece estar a ser cozinhado no Palacio de D. Manuel, na Praça da Republica.
    Mais um projeto anunciado com pompa e circunstancia, que estiola aos pés de alguem.
    Mais um assunto acerca do qual a Oposição está a dormir, como se não fosse questão de interesse publico. A oposição, toda.
    Quanto aos quadros da Maria Luisa Costa Rosa,da Festa, mais um misterio de tesouro desaparecido nos corredores desta Câmara? E a famosa coleção de moedas quinhentistas? Onde está, ou quem as “recolheu”?
    E a Oposição, onde está? Dorme, ou ressona?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Visitantes reclamam contra entrada pouco digna do Convento

Vandalismo em Tomar (c/ fotos)