in ,

A decisão judicial que ditou o fim da Casa das Ratas

Casa das Ratas. Foto de #tomarogosto

Começou há cerca de cinco anos o conflito judicial entre o senhorio e o inquilino da Casa das Ratas, espaço típico de restauração situado na rua Joaquim Jacinto (rua da Sinagoga) em Tomar.

Nessa altura o contrato de arrendamento estava a cessar e não se chegou a acordo quanto ao novo valor da renda. A batalha judicial passou pelo tribunal de 1ª instância, da Relação e por fim do Constitucional.

Os juízes deram razão ao senhorio, mas entenderam que o recheio da Casa das Ratas pertencia ao inquilino.

Transitada em julgado em meados deste ano, a decisão judicial foi cumprida com uma ação de despejo no dia 12 de setembro.

Pelo meio, a própria câmara de Tomar, através do vice-presidente Hugo Cristóvão, tinha ordenado o encerramento do espaço por alegada falta de segurança do edifício.

 

O acórdão do Tribunal da Relação pode ser lido aqui.

Casa das Ratas foi despejada e fechou (c/ vídeo)

Escrita por Redação

Comentários

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Orquestra de Sopros da Canto Firme abre ano letivo

Fonte D. João em festa