DestaqueEconomia

Vendas agressivas regressam à ACITOFEBA

Mais uma vez a sede da ACITOFEBA – Associação de Comerciantes de Tomar foi utilizada para vendas agressivas. Aconteceu no sábado, dia 12, cerca de um ano depois de outra sessão semelhante que gerou contestação e polémica.

O esquema é o habitual: funcionários da empresa contactam por telefone os potenciais clientes convocando-os para uma palestra ou rastreios, com o argumento de estarem ligados a algumas unidades hospitalares de referência.

Chegados ao local, as “vítimas” são pressionadas e influenciadas por “doutores” a comprar produtos ortopédicos ou equipamentos de milhares de euros com a possibilidade de pagamento a prestações ao longo de vários anos.

tomardrive banner728x145 7h 24h agosto 2021

Pelo que apurámos foram vários os casos de pessoas que adquiriram os produtos, entregues ao domicílio no próprio dia. Só depois, falando com familiares e vizinhos, é que as “vítimas”, normalmente pessoas idosas, com fracos recursos e com problemas de saúde, caem em si e dão-se conta da situação.

A lei prevê um prazo de 14 dias para a anulação deste tipo de contratos abusivos.

Cidadã denuncia vendas agressivas na ACITOFEBA

 

2 comentários

  1. Não é isto s iniciativa privada. Não haja confusões.
    Isto são apenas chicos espertos, nascimentos enviesados, que pensam serv poderosos bastante para tirar partido da fragilidade alheia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.