in ,

PS sem maioria na Assembleia Municipal

assembleia maria da luz BE AM IMG 6576

São seis as forças políticas que têm representatividade na Assembleia Municipal de Tomar, de acordo com os resultados das eleições autárquicas deste domingo.

Para este órgão, o PS conquistou 6.594 votos (36,58 por cento), alcançando nove lugares, mas sem garantir a maioria.

Logo a seguir, o PSD conseguiu oito mandatos (5.882 votos – 32,63%)

Seguem-se quatro forças políticas que conseguiram eleger um deputado cada.

PS – 9 (1 – Hugo Costa (atual deputado e líder distrital do PS); 2 – Ana Catarina Pereira; 3 – Susana Faria; 4 – Vasco Marques; 5 – Arlindo Nunes; 6 – Maria de Fátima Duarte; 7 – Duarte Carvalho; 8 – Alexandre Antunes e 9 – Sílvia da Silva)

PSD – 8 (1 – João Tenreiro; 2 – Célia Bonet; 3 – António Lourenço dos Santos; 4 – Ricardo Jorge Carlos; 5 – Maria Graciete Honrado; 6 – Pedro Miguel Pereira; 7 – Miguel José Rodrigues e 8 – Maria de Fátima Jacinto)

Chega – 1 (Américo Costa)

Coligação CDS-PP – MPT – PPM – 1 (Francisco Tavares)

CDU – 1 (Bruno Graça)

Bloco de Esquerda – 1 (Paulo Mendes)

Em relação às juntas de freguesia, o PS mantém a liderança em cinco das 11 freguesias e o PSD perdeu a junta de Carregueiros para a CDU.

PS – 5 freguesias (S. João e Santa Maria, Sabacheira, Paialvo, Madalena e Beselga e Asseiceira)

PSD – 4 freguesias (Olalhas, Além da Ribeira e Pedreira, Casais e Alviobeira e S. Pedro)

CDU – 1 freguesia (Carregueiros)

Indep. – 1 freguesia (Serra e Junceira)

 

Fazendo as contas e tendo em conta que os Presidentes de Juntas pertencem à Assembleia Municipal por inerência, o PS soma 14 lugares e o PSD 12, a que acresce as restantes representações: CDU – 2; Chega – 1; CDS-PPM-MPT – 1; BE – 1; e 1 independente (presidente da junta Serra e Junceira).

Perante este cenário adivinha-se renhida a eleição para o lugar de Presidente da Assembleia Municipal.

 

Escrita por Redação

Blog informativo Tomar na Rede. Notícias sobre Tomar e região envolvente. Informação local e regional.

Comentários

Responder
  1. Mais arroz..
    Eleição renhida para a assembleia municipal???
    O Huginho está garantido, e nem precisa dos votos da CDU, porque se for preciso dar mais uns trocos, há sempre algum independente que se vende.
    A boa notícia é que agora devemos voltar a ter a Tribuna neste blog , visto já não estar amordaçado !!
    E já agora tentar explicar que com os mesmos artistas o circo deve parecer o mesmo.

  2. VALHA-NOS AO MENOS ISSO

    Terá acabado a arrogância gaiteira da Anabela.
    Todos sabemos que o PS não tem a mínima ideia do que é o poder autárquico e/ou para que serve. Para eles é só uma questão de tachos e açambarcamento. Para eles e para elas.
    Tenho uma esperança que, com o Sr Américo e alguns do PSD, se consiga por travão aos desmandos a que temos vindo a assistir.

  3. Pelo menos a assembleia municipal deixa de ser apenas um mero carimbo de aprovação de tudo o que vier à cabeça do executivo.
    Se calhar agora vão mesmo ter de integrar coisas que os outros querem ou correm o risco de ver os orçamentos chumbados uns atrás dos outros. O que não é necessariamente bom se os outros quiserem coisas más, claro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0
camara IMG 20210301 102358

Câmara reúne pela última vez neste mandato

marco IMG 20210927 101614

Marco do correio regressa à praça da República