in ,

Outdoors continuam a anunciar festival de Estátuas Vivas

Quase um mês depois

Os seis outdoors que a câmara de Tomar contratou por quase 88 mil euros continuam a anunciar o Festival de Estátuas Vivas de Tomar, que decorreu nos dias 7 e 8 de setembro.

anteriormente, os mesmos painéis, dois meses depois, ainda anunciavam a festa dos Tabuleiros, realizada em julho.

E nesta altura era suposto que os outdoors fossem aproveitados para divulgar, por exemplo, o cortejo Templário a realizar no dia 12 de outubro.

Através da empresa Gold Digger, Lda, com sede no Estoril, a câmara contratou por um ano, seis outdoors colocados no IC9 (sentido Fátima – Tomar), na A13 (sentido Coimbra – Tomar), na A23 (sentido Nascente – Poente e Ponte-Nascente) e na A1 (sentido Sul-Norte e Norte-Sul).

Escrita por Redação

Comentários

Leave a Reply
  1. É mais um caso que dá que pensar. Regra geral, trata-se de contratos celebrados pela autarquia com empresas pouco ou nada conhecidas, sem o obrigatório concurso público, ou sequer a igualmente vinculativa consulta a 3 entidades do mesmo ramo. Os resultados estão à vista: projectos deficientes, obras dispensáveis, pareceres bons para o cesto dos papéis. E agora esta vergonha da publicidade estática já caducada nos eixos viários.
    Todos sabemos muito bem que os escolhidos pelo PS são em geral pessoas acima de qualquer suspeita, do Sócrates ao Azeredo e do Melancia ao outro cujo nome se omite porque já falecido. Isto para não referir os dois mandatos tomarenses de Pedro Marques e respectiva sequência, que ainda dura.
    Nesta ordem de ideias, os sucessivos casos ocorridos em Tomar levam a pensar que o mais importante nos diversos contratos camarários não é tanto o resultado final visível, geralmente mau, mas antes o que entretanto escorreu pela caixa 2. Aquela sem testemunhas, nem impostos nem documentos assinados. Há até quem lhe chame contribuição para a campanha eleitoral.

  2. Os 88.000€ estão caçados a nós todos Tomarens…
    Isto dá que pensar porque motivo os autarcas que eleboraram o contrato não o estão a fazer cumprir e pior já estão quase três enventos que não foram publicitados será preciso mais o quê para revogar tal contrato??????????????????????????????

    Digo por incumprimento… ou serei dos poucos a vêr o que está a vista de todos???

    • É bem sabido, julgo eu. Não há piores cegos que aqueles que não querem ver, nem piores idiotas que os que não pensar. Tomarenses…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

“Olhó radar”

Moradores protestam contra barulho da festa do caloiro no centro histórico