in ,

Onde param os quadros da estalagem de Santa Iria?

estalagem tabuleiros Maria Luisa Costa Rosa estalagem santa iria DSC04202

Conta-se que nos anos 80, quando a estalagem de Santa Iria fechou, a maior parte do espólio da unidade hoteleira desapareceu, incluindo um piano.

Parece estar a acontecer o mesmo desde que a estalagem fechou em fevereiro de 2018 e desta vez o que está em causa são sobretudo os quadros que decoravam a estalagem, da autoria da pintora tomarense Maria Luisa Costa Rosa, o seu marido, arq. Costa Rosa e dos dois filhos.

A câmara não sabe o que foi feito dos quadros nem parece, ano e meio depois, estar preocupada com isso. Desconhecem-se quaisquer diligências da câmara para recuperar os quadros e o tempo vai passando.

Entre os quadros mais emblemáticos estava um, de grandes dimensões, sobre a festa dos Tabuleiros, que estava exposto numa parede da sala de refeições. Maria Luisa Costa Rosa foi a autora. No bar estava outro, mais pequeno, que mostrava a ponte velha e o rio Nabão. E havia quadros espalhados por toda a estalagem incluindo nos quartos.

Já que a câmara não responde às perguntas colocadas pelo “Tomar na Rede”, pelo menos devia esclarecer os tomarenses sobre o destino dos quadros da estalagem e o que já foi feito para os recuperar.

estalagem santa iria estalagem 51436005374010

})(jQuery);