DestaqueSociedade

O lado escondido da rotunda Alves Redol

Houve um tempo que a rotunda Alves Redol em Tomar tinha a funcionar repuxos de água que davam maior beleza e vida à principal rotunda da cidade.

Há cinco anos, com o argumento de poupar energia elétrica e problemas técnicos, a câmara desativou os repuxos de água. Desde então, o tanque central tornou-se num depósito de lixo e de animais mortos.

É esse lado escondido da rotunda Alves Redol que mostramos nestas fotos, renovando o apelo para que a autarquia volte a pôr a funcionar o sistema de repuxos de água.

Uma rotunda sem vida

1 comentário

  1. Realmente poderiam retirar aquilo tudo e deixar só pedra da calçada ou assim, muito mais fácil de manter.

    Se fosse eu a mandar, simplesmente arranjava forma de arranjar o dinheiro e mandar reparar ou substituir e manter aquilo a funcionar que é algo giro. Provavelmente algumas associações não iam receber dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.