DestaqueSociedade

Idosa atropelada fora da passadeira em Tomar

Uma mulher com cerca de 90 anos foi atropelada nesta terça feira, dia 16, por volta das 13.20 horas, na rua de Coimbra em Tomar.

Moradora no bairro 1º de Maio, todos os dias se desloca à pastelaria Rosa e, para encurtar caminho, atravessa a estrada fora da passadeira, segundo moradores. Foi o que aconteceu hoje mais uma vez. Só que desta vez foi colhida por um veículo ligeiro de mercadorias que seguia no sentido da saída da cidade.

A idosa foi projetada e caiu com a face no pavimento, deixando marcas de sangue e um sapato a alguns metros de distância da viatura. Foi transportada para o hospital de Abrantes.

tomardrive banner out. rodape 2020 41 7293055622693185155 n Copia

Os bombeiros estiveram no local com duas ambulâncias. A polícia, além de registar a ocorrência, teve de condicionar o trânsito a uma via.

acidente IMG 20200616 134258

acidente IMG 20200616 133559

acidente IMG 20200616 133129

4 comentários

  1. Mesmo fora da passadeira a que que velocidade ia o carro, a 50?
    È criminoso a policia nao fiscalizar esta rua e a velocidade a que os carros passam, até na passadeira é um perigo atravessar!
    Assim se perde um vida, que em vez de poder ser assistida no Hospital de Tomar, ainda teve que suportar a viagem até Abrantes… Para quando uma urgencia como tínhamos antes desta ilusão e farsa que foi a junção das Urgencias em Abrantes?
    Quanto se poupou com essa separação? Só se foi das reformas que deixam de pagar a todos os que morrem a caminho de Abrantes…
    Porque é que isto não é assunto do escritor Carrão e outros que por aqui escrevem?

  2. Em vez de caçarem aceleras, preferem andar a ver quem está mal estacionado.. tambem nao está mas, nao deviam era descurar o resto da acção/dever policial..
    Façam oprações stops a qq hora para testar o alcool… talvez os tasqueiros digam que foi de desinfectarem tanto as mãos…

  3. Realmente a senhora fala sem saber. Interessante que esteja tão preocupada em julgar aquilo que julga saber. Caso a senhora seja condutora de um veículo automóvel espero que nunca lhe aconteça a si. Nunca se deve cuspir para o ar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo