DestaqueSociedade

Foto de jovem tomarense usada para tentativa de burla

- Publicidade -

Joana Silva, jovem tomarense de 23 anos, não queria acreditar quando viu a sua imagem utilizada numa tentativa de burla através do whatsapp.

Usaram a fotografia do seu rosto numa conta do whatsapp e enviaram mensagens a um tio seu a pedir dinheiro.

O esquema é o habitual, os burlões enviam mensagens a dizer que se trata de um novo número de telemóvel, que precisam de fazer um pagamento urgente e pedem transferência por Mbway.

Desconfiado, o tio de Joana pediu para que o indivíduo lhe ligasse e nessa altura a desculpa do burlão é que só tinha 3% de bateria.

“Enviaram isto para o meu tio! Não sou eu, esse número não é o meu, estão a usar a minha foto de perfil”, denunciou Joana no Facebook, também como forma de alerta.

- Publicidade -

Foi apresentada queixa na PSP.



- Publicidade -

5 comentários

  1. Hoje em dia está na moda mostrar tudo nas redes sociais. É uma forma de narcisismo. Divulgamos o que se passou nas férias, com quem fomos, para onde fomos, como fomos, etc, etc.
    Mostramos ao mundo a nossa casa, os jantares de amigos, as idas à “discotheque”, as carinhas parvas que fazemos nas mais variadas situações, as tampas que damos ou que levamos, as roupas que vestimos, onde as comprámos, quanto custaram, e muitas, muitas fotografias nossas. Em suma, pomo-nos a jeito e depois vimos chorar a nossa vitimização.
    Deixou de haver sigilo, espaço pessoal. O conceito de aldeia global estendeu-se ao nosso espaço individual, andamos todos muito divertidos misturador numa salgalhada sem qualificação e o resultado muitas vezes é este…

    1. Eu já fui vítima de ataque e não foi por, nem eu nem alguma das minhas filhas terem exposto algo na internet.
      Inclusivé desmontei o esquema chamando á pessoa um nome diferente do das minhas filhas para testar e esta caiu.
      Assim, deveria ponderar melhor a sua teoria.
      Espero sinceramente que não seja o próximo burlado se continuar a pensar da forma.

    2. Também não entendo. Nunca vi ninguém distribuir fotos nem contar a história da sua vida a desconhecidos na rua. Mas fazem-no num espaço ainda maior (global) a quem nem vêem a cara. E nem é só coisa de juvenis, os pais e avós também o fazem… Enfim… Ser burlão hoje em dia é facílimo.

  2. A mim não me vai acontecer, ao contrario destes senhores, de facto, as pessoas hoje não tem decência alguma.
    Sou empresário e preciso de algumas ferramentas que a Internet nos oferece mas haja lucidez….
    Qualquer dia até partilham a cor das cuecas que tem vestidas…. Totalmente de acordo com o sr Carlos Martins.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo