DestaqueSociedade

Época natalícia agrava problema do lixo

Na zona de Santa Cruz, ainda na freguesia urbana de Tomar, são recorrentes os problemas na recolha de lixo, serviço entregue à empresa Suma pela Tejo Ambiente.

E se antes já havia problema de lixo acumulado dias e dias, nesta quadra festiva do Natal em que há maior produção de resíduos, esse problema agrava-se como mostra a imagem enviada por José Pereira.

Mas nem tudo é mau, durante a tarde de sábado, 2 de janeiro, o lixo já foi recolhido. Ainda bem!

 

Outro caso:

https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=10214047377096999&id=1788771821

 

1 comentário

  1. Acontece sempre o mesmo nos países e nas autarquias governados por gente incompetente, tanto de direita como de esquerda. Há excesso de funcionários, mas falta de trabalhadores. Infelizmente. Há sentados a mais e carência de operacionais.
    No caso, trata-se de algo ainda mais complexo. A câmara entregou à Tejo ambiente a tarefa municipal de recolha do lixo doméstico, entre outras. A dita empresa intermunicipal, por sua vez, entregou a outra empresa, julgo que privada, o trabalho de recolha do lixo. Cada uma destas três entidades padece do mesmo mal. Excesso de empregados e falta de trabalhadores. E sem gente que trabalhe realmente, estamos sempre na mesma. O serviço é mal feito. E tanto os eleitos como os empregados municipais e/ou outros estão-se nas tintas para os problemas da população pagadora de impostos e taxas municipais. Querem é o deles ao fim do mês.
    Os prejudicados que não se esqueçam de pensar no assunto, antes de fazerem a cruzinha, em Outubro próximo. A simpatia, os subsídios e os eventos não ajudam na recolha do lixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.