in ,

Eleições no CIRE: lista de Célia Bonet quer criar novas respostas sociais e novas terapias

celia bonet 8 3215466938763313152 o

A lista B, encabeçada por Célia Bonet, às eleições no CIRE – Centro de Integração e Reabilitação de Tomar, deu a conhecer o essencial do seu programa eleitoral num comunicado enviado à comunicação social.

As eleições estão marcadas para dia 11 e apresentam-se a sufrágio duas listas: a lista A liderada por Fátima Duarte e a lista B, por Célia Bonet.

Transcrevemos na íntegra, os propósitos da lista B:

 

“Devido à situação instável que o Centro de Integração e Reabilitação de Tomar (CIRE) tem vivido nos últimos anos e, reconhecendo a nossa capacidade para a solucionar, fomos convidados e incentivados a apresentar uma lista candidata aos Órgãos Sociais.

Pretendemos respeitar a missão, a visão, os valores e o legado deixado por todos os que nesta instituição trabalharam ao longo de tantos anos, sob o lema “Construir um futuro sustentável e solidário”.

Consideramos como pontos estratégicos e prioritários o surgimento e alargamento de novas respostas sociais, a oferta de melhores condições aos utentes que a frequentam, dinamizando esta instituição fulcral para o nosso concelho e para todo o tecido social da região.

Entendemos necessário oferecer novas respostas sociais como o Apoio Domiciliário e o alargamento do Lar, de modo a tornar a instituição sustentável e oferecer aos seus utentes mais e melhores condições.

Para isso, aproveitaremos as sinergias obtidas com as infraestruturas e os equipamentos já existentes na instituição e que atualmente estão subaproveitadas.

Estas respostas sociais são apoiadas por diferentes programas europeus e pretendemos apresentar candidaturas em diferentes áreas de modo a tornar sustentável a gestão da instituição e acima de tudo oferecer mais e melhores serviços aos seus utentes.

É nosso propósito implementar novas terapias, que se considerem inovadoras e contribuam para o desenvolvimento dos utentes e, intensificar as já disponibilizadas na instituição.

Colocaremos ao dispor dos utentes a “Casa dos Ofícios” efetuando parcerias com artesãos locais, de modo a fomentar uma partilha de experiências e ensinamentos, permitindo a rentabilidade para todas as partes. A criação de Loja online é um dos nossos objetivos e que servirá como ferramenta auxiliar na divulgação e venda dos produtos e serviços, de modo a incrementar a saúde económica da instituição.

O controlo de custos é um dos pilares para tornar a instituição sustentável e onde existe muito para fazer.

Pretendemos fazê-lo sem prejudicar minimamente os serviços oferecidos aos nossos utentes, cortando nos custos supérfluos e que em nada contribuem para o bem-estar e desenvolvimento das pessoas.

Iniciaremos de imediato a revisão de todos os contratos de fornecimento de terceiros com vista à melhoria das condições. Procederemos à substituição progressiva de equipamento obsoleto por outro mais económico e sustentável. Também a manutenção das infraestruturas, equipamentos e viaturas é importante de modo a evitar a sua degradação. Pretendemos melhorar todos os espaços que se encontram desocupados e dar-lhe utilidade, rentabilizando-os.

Reorganizaremos os recursos humanos de modo a otimizá-los tentando corresponder às necessidades dos utentes, da instituição e às expetativas dos funcionários.

Os colaboradores de uma instituição são o seu ativo mais importante e determinante na qualidade dos serviços oferecidos e, como tal, deverá ser valorizado e ouvido, pois tem sido esquecido até aqui. Por isso, entendemos ser fundamental facultar-lhe formação para que tenham meios adequados para desempenhar as suas funções com empenho e motivação.

O voluntariado pode ser uma ferramenta de apoio e por isso pretendemos dinamizá-lo valorizando o seu papel na instituição.

A sustentabilidade da instituição passa também pelo forte crescimento da sua base de sócios, sendo que é crucial a dinamização do site, como um veículo de interação com a comunidade, de divulgação da nossa oferta de serviços e das nossas atividades.

Propomo-nos ainda, manter uma constante atenção e uma gestão rigorosa e criteriosa do património, sempre atentos à possibilidade da sua valorização.

O grupo que constitui a lista apresentada (LISTA B) tem todas as capacidades para contribuir de forma transparente, humilde e leal para o desenvolvimento da instituição e para a melhoria de vida dos utentes, colaboradores, familiares e sócios.

O programa da nossa candidatura pode ser consultado nas instalações do CIRE.

Convidamos todos os sócios a juntarem-se ao nosso projeto”.

 

Célia Bonet e Fátima Duarte candidatam-se à presidência do CIRE

Escrita por Redação

Blog informativo Tomar na Rede. Notícias sobre Tomar e região envolvente. Informação local e regional.

Comentários

Responder
  1. O dia destas pessoas deve ter mais horas do que o normal dos mortais, pois com tantas funções e todas desempenhadas com extrema dedicação e para bem dos pobres munícipes ,não sei como conseguem…valha-nos st. Iria!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0
Ruinas do forum romano de Tomar

Mais uma asneira monumental

misericórdia de Tomar 4

Misericórdia de Thomar fundada há 510 anos