DestaqueSociedade

E depois da festa

O pessoal de limpeza da câmara de Tomar vai ter muito trabalho a limpar o que ficou da festa de passagem de ano. Nos locais onde se concentraram mais pessoas, ou seja, junto à tenda do mercado municipal e na rotunda Alves Redol, os vestigios da festa ficaram: garrafas, confetis, restos de apetrechos pirotécnicos e copos. Não se trata de uma crítica mas apenas uma prova de que a noite foi animada.

Há Autarquias que limpam os espaços imediatamente após os festejos como é o caso da Freguesia de Santa Maria Maior, em Lisboa.

Ou Leiria:

1 comentário

  1. Claro que não pode ser uma crítica a quem bebeu e deixou as garrafas no chão para outros removerem para os contentores. Crítica era se depois de esvaziadas partissem as garrafas de vidro na cabeça de quem passasse próximo. Quanto às autarquias que logo limpam o lixo, ou seja colocam funcionários atrás dos incivilizados, melhor seria fomentarem cursos de educação para a vida em sociedade e para as boas práticas ambientais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.