DesportoDestaqueSociedade

Crianças e jovens sem espaços para brincar e jogar

São poucas as alternativas que as crianças e jovens de Tomar têm para se divertirem ou jogarem. Num rápido levantamento feito na cidade, concluímos que cerca de 90 por cento dos parques infantis e desportivos estão fechados.

Se até agora, a pandemia servia de argumento à câmara para manter estes recintos fechados, nesta fase já não há explicação para que continuem encerrados e a degradarem-se.

Às crianças restam os parques infantis da zona desportiva e da Mata dos Sete Montes, os únicos que estão a funcionar.

Há recintos fechados no Casal dos Frades, na Choromela, na zona desportiva, na Quinta de Santo André e na Nabância, conforme mostram as imagens.

E isto acontece numa altura em que a câmara inaugurou um parque para cães, podendo-se concluir que a câmara trata melhor os animais do que as crianças e jovens de Tomar.

1 comentário

  1. É para proteger as criançinhas e ficarem em casa, como continua a ser sua obrigação (inconstitucional?), devido ao estado de calamidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.