in ,

Consumidores sofrem ao sol para serem atendidos na Tejo Ambiente

É à torreira do sol, sem qualquer tipo de abrigo que faça sombra, que os clientes da Tejo Ambiente têm de esperar para serem atendidos nas suas instalações em Tomar no último piso do parque de estacionamento nas traseiras da câmara.

Dado o número limite de clientes no interior das instalações, são obrigados a esperar na rua onde não existe qualquer sombra. Vários cidadãos fizeram-nos chegar a sua revolta pela forma como a empresa presidida por Anabela Freitas trata os seus clientes. No dia da inauguração das instalações chegaram a ser montados uns chapéus de sol no exterior, mas “foi sombra de pouca dura”.

Os cidadãos tentam proteger as suas cabeças do sol forte que se têm feito sentir recorrendo às mais criativas soluções como mostram as imagens. E pergunta-se, como será quando estiver a chover?

Este é mais um exemplo da falta de respeito e consideração que a empresa Tejo Ambiente tem pelos consumidores.

A Tejo Ambiente é a empresa intermunicipal (abrange seis concelhos) responsável pelos sistemas de abastecimento de água, tratamento de esgotos e recolha de lixo.

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Novos padres já têm datas para tomada de posse

Capas dos jornais locais e regionais