DestaquePolítica

CDU considera inaceitável aumento dos tarifários da água, saneamento e resíduos

A Coordenadora da CDU de Tomar emitiu um comunicado no qual critica o “aumento inaceitável” dos tarifários da água, saneamento e resíduos da Tejo Ambiente empresa que presta estes serviços nos concelhos de Tomar, Ferreira do Zêzere, Vila Nova da Barquinha, Ourém, Sardoal e Mação.

A partir do dia 1 de agosto todos os consumidores vão pagar mais caro (mais de 20%) os tarifários, aumento que, alerta a CDU, “não vai ficar por aqui, porque a proposta agora aprovada prevê um novo aumento já no próximo mês de janeiro”.

Desde a criação da empresa Tejo Ambiente, contra a qual a CDU se opôs votando contra a sua constituição, esta força política, nomeadamente através do deputado municipal Bruno Graça, tem vindo a alertar para a possibilidade do aumento dos tarifários.

drive banner horarios

Na última sessão da Assembleia Municipal de Tomar de 4 de julho, onde se discutiu a revisão do Estudo de Viabilidade Económico-Financeira (EVEF) e o Contrato de Gestão Delegada que a Tejo Ambiente, o aumento dos tarifários foi aprovado com os votos favoráveis do PS e abstenção do PSD e Independentes do Nordeste.

“Numa altura em que todos sentimos o brutal aumento do custo de vida, a CDU tudo fez para evitar este inaceitável aumento dos tarifários”, salienta, nomeando a distribuição de folhetos contra o aumento em mais de 20% do custo da água, a colocação de faixas e de MUPIS contra esse aumento, entre outras iniciativas

Além de pedir uma auditoria externa às contas da empresa Tejo Ambiente, a CDU votou contra estes aumentos e propôs a saída de Tomar da Tejo Ambiente recomendando à Câmara a preparação dessa saída.

A CDU garante que “não vai desistir de lutar e apela à população que se junte à luta mostrando a sua indignação contra este aumento”.

 

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo