DestaqueSociedade

Atentado no Bataclan mudou a vida deste homem que agora é peregrino

Há vários dias que um homem é visto em vários locais de Tomar a rezar perante uma imagem de Nossa Senhora “Rainha da Paz” e agarrado a uma cruz. Trata-se de Denis Corcornan, é irlandês e tem 48 anos.

Fomos ao seu encontro para conhecer um pouco da sua história. A vida de Denis mudou em 2015 com o atentado na sala de espetáculos Bataclan, em Paris. Ele estava num café a poucos metros do local e foi o primeiro a chegar para ajudar os feridos.

Se até aí, Denis era ateu, nessa noite sentiu “um tsunami do Espírito Santo” como o próprio relata. Há um ano pegou numa bicicleta e começou a percorrer vários países da Europa como peregrino em missão de evangelização. Passou pela Inglaterra, Espanha e em Portugal tem percorrido vários santuários. Não se pense que tem um roteiro pré-definido. A sua viagem, segundo diz, é guiada por Maria. Por isso, quando lhe perguntamos qual o seu destino a seguir, responde: “não sei”.

Antes da pandemia, socorria-se das instituições de apoio social para comer e pernoitar pelas terras por onde passava. Agora, reconhece que come aquilo que lhe dão e tem dormido mais vezes na rua, mas sempre “na presença de Deus”, com um sorriso nos lábios, um ar de felicidade e a preocupação de pregar a sua mensagem religiosa.

Denis diz que as pessoas em Tomar são muitos gentis quando o abordam.

Peregrino sem-abrigo reza e deita-se em frente à igreja

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.