in ,

A 260 km/h no IC9 em Tomar

acelera 67890

O mesmo Audi A6 que foi filmado a 180 km/h nas estradas de Tomar, surge noutro vídeo a 260 km/h no IC9 entre Tomar e Ourém.

O vídeo circula nas redes sociais.

A acelerar a 180 km/h em Tomar (c/ vídeo)

Escrita por Redação

Blog informativo Tomar na Rede. Notícias sobre Tomar e região envolvente. Informação local e regional.

Comentários

Responder
  1. 1- Enquanto for publicitado este tipo de “artistas suicidarios” as suas avarias irresponsáveis, cada semana será pior, até se matarem ou matarem alguém ou, pior, ficar gente em cadeira de rodas toda a vida.
    2- Os velocimetros vêm de fábrica com indicação, em geral, de mais 15 ou 30 km/h nesta gama de velocidades. Acresce que é relativamente fácil por um velocímetro a indicar mais velocidade do que a real.

    • Todos os instrumentos de medida, seja eles qual forem, têm SEMPRE uma margem de erro, ou para mais ou menos, e por isso a policía dá sempre um desconto em favor do condutor. Mas não entendo o seu raciocínio, parece estar a desculpar estes meliantes. A 230 já não faz mal???!!!! Ou mesmo a 200???!!!! As autoridades de Tomar deveriam de investigar quem são os ciganos que têm A6 e atuar em conformidade.

    • Está preocupado com eles se matarem?… Quem são bem podiam se matar todos era um favor que faziam, mas a culpa nem é toda deles, mas do nosso governo que lhes dá subsídios para terem bons carros e gozar bem à nossa custa

      • Olá, o RSI é de 198€, o que nem dá para comprar um pneu desse carro!! Se quizer também se pode despedir e ir pedir o rendimento mínimo, para ver se lhe chega só para fraldas. Não sabe se trabalham ou não, se pagam impostos igual a todos, mas vem com a sua cabeça cheia de merda cagada por outros comentar aqui. Vê um cigano, baixa a cabeça e ainda beija um peido deles, você é triste!! O que nos desejar, nós todos juntos desejamos a quadriplicar, por isso prepare-se que a energia das ciganas rezando vai chegar aí, e vai acontecer o que nos desejou, um por um, e para último vai ficar você!! Vai ser um favor para todos nós!! 😍 😚
        Durma bem, se puder, pois a lei do retorno está chegando!! Diga Ámen às ciganinhas!!!! Oleeeee!!!
        🙌🏽🙌🏽

        • Nem o ar que respiram merecem quanto mais 198euros… Trabalharem? Se o ilícito for considerado atividade profissional, então sim trabalham! Não digas que se cagam, pois há uns tempos tive que resolver uns assuntos com vocês, vocês é que me beijaram os pés… Vocês, sim porque só são corajosos em “vara” pois sozinhos são os maiores covardes, vinham de crista levantada com um chumbo de ir á rola depressa abaixaram a crista quando se deparam com calibre 50 e torpex… Por aconselho vos a andarem mansos e mais discretos se não querem ficar sem o velho Audi A6, porque estas velocidades são crime e segundo a lei toda a arma de um crime é apreendida!

  2. O anelzinho no dedo dá logo para perceber que continua o mesmo impune grupo.
    Só desejo que ninguém sofra um acidente por causa destes energúmenos, porque tanto o acidentado como a família, serão perseguidos e ameaçados para desistirem de denuncias e processos.
    Vão chorar para a televisão porque são rejeitados pela sociedade, mas fazem questão de o povo lhes ganhar cada vez mais rancor.

  3. O meu raciocínio é que publicitar tais “avarias” incentiva tais práticas. Quanto a margem de erro utilizada nos radares da polícia ela resulta do processo de calibração do equipamento.

    • Não, o erro não resulta do processo de calibração. Aliás é o contrário, a calibração é feita para reduzir o erro. O erro é inerente ao próprio equipamento e é determinado em laboratório, e deve ser claramente identificado nas caracteristícas do equipamento. Apelo aos Tomarenses que enviem emails para a procuradoria da República de Tomar para que isto seja investigado e terminado, para que estes lélitos não matem ninguém inocente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0
imprensa jornais IMG 20170617 092337

Capas dos jornais locais e regionais

hospital covid abrantes scaled

RTP em reportagem no hospital Covid de Abrantes