DesportoCulturaDestaque

Saiba quais as coletividades que recebem mais subsídios da câmara

- Publicidade -

Este mês a câmara de Tomar aprovou os apoios financeiros às associações para o ano de 2024.

Os subsídios estão divididos segundo vários programas, sendo os principais o apoio a atividades regulares e o apoio a eventos.

No que respeita a atividade regular, a Sociedade Filarmónica Gualdim Pais recebe o subsídio maior, 37.648 euros, seguindo-se o Sporting de Tomar e o União de Tomar (ver tabela em baixo).

Quanto a apoios a eventos, é a Associação Cultural e Recreativa de Santa Cita que leva a fatia maior, 22.225 euros. Mas nesta rubrica não estão incluídos eventos como o festival Bons Sons que bate todos os recordes de subsídios.

Nos projetos de intervenção social, a entidade que recebe mais é a Associação de Saúde Mental do Médio Tejo, 24.720 euros.

- Publicidade -

 

Subsídios para atividade regular / desenvolvimento associativo

Coletividades que recebem mais:

Sociedade Filarmónica Gualdim Pais – 37 648 euros

Sporting Clube de Tomar – 22 010 euros

União Futebol, Comércio e Indústria de Tomar – 21 200 euros

Sport Club Operário de Cem Soldos – 19 510 euros

Ginásio Clube de Tomar – 16 590 euros

Associação Thomar Athletics – PLJV – 11 500 euros

Escola de Futebol de Tomar – Associação – 11 000 euros

Canto Firme de Tomar – Associação de Cultura – 9 850 euros

Associação Cultural e Recreativa de Santa Cita – 9 300 euros

Associação Thomar Honoris – 8 560 euros

Sociedade Recreativa e Musical da Pedreira – 7 150 euros

Associação Cultural e Recreativa de Linhaceira – 5 590 euros

Sociedade Banda Republicana Marcial Nabantina – 4 400 euros

Thomarsellium Associação de Desporto e Dança de Tomar – 3 950 euros

 

Apoio a eventos

Coletividades que recebem mais:

Associação Cultural e Recreativa de Santa Cita 22 225 euros

Sociedade Filarmónica Gualdim Pais 16 800 euros

Associação de Cultura, Desporto e de Solidariedade Social de Paço da Comenda 15 275 euros

Tomariniciativas – Associação de Cultura 12 875 euros

JazzWithin – Associação Artística e Cultural 12 725 euros

Espaço 0. Artes Comunicantes – Associação de Cultura 11 625 euros

Associação Cultural e Recreativa de Linhaceira 9 600 euros

Associação Thomar Honoris 9 310 euros

Canto Firme de Tomar – Associação de Cultura 8 250 euros

Clube de Actividades de Lazer e Manutenção – CALMA 8 000 euros

Sport Club Operário de Cem Soldos – 7 025 euros (sem incluir o festival Bons Sons)

 

Projetos de Intervenção Social

Coletividades que recebem mais:

Associação de Saúde Mental do Médio Tejo – 24 720 euros

ACRESCER – Associação de Pais e Amigos das Crianças com Necessidades Educativas Especiais de Tomar – 10 520 euros

Sport Club Operário de Cem Soldos – 5 820 euros

 

 

Listas completas de apoios:

Programa base

 

Programa 1 – Atividade Regular / Desenvolvimento Associativo

 

Programa de Apoio ao Associativismo 2024 – Programa 2 – Apoio a Eventos

 

Programa 3 – Projetos de Intervenção Social

 

 

- Publicidade -

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo