DesportoDestaque

Condicionamentos no trânsito geram protestos durante prova de ciclismo

- Publicidade -

A realização da prova de ciclismo Granfondo Médio Tejo, na manhã deste domingo, dia 21, em Tomar, obrigou a alguns condicionamentos no trânsito que gerou protestos por parte de alguns automobilistas´.

A cidade ficou praticamente bloqueada devido à passagem dos cerca de 1100 ciclistas.  Houve pessoas que pretendiam apenas regressar a casa e tiveram de esperar mais de uma hora para que tal fosse possível.

As críticas estendem-se à PSP que, segundo alguns automobilistas, davam informações erradas para acessos alternativos.

Em Carvalhos de Figueiredo, os protestos foram tantos que a polícia foi obrigada a deixar passar os automobilistas.

“A cidade bloqueada ao trânsito com centenas de automobilistas feitos de baratas tontas, a circular às voltas da cidade com informações erróneas do agentes da PSP nos cruzamentos. Por favor, organizem-se”, criticou um cidadão.

- Publicidade -

“Somos enviados, por agentes, para becos sem saída, onde os agentes mandam fazer inversão de marcha. Gente que não consegue chegar a casa, ir buscar os filhos, ir trabalhar, etc. Estamos há uma hora nisto. Parece que estamos em estado de sítio, mas dizem que é uma corrida de bicicletas. Nem dá para pedir uma pizza”, acrescentou outro.

A prova de ciclismo tinha partida e largada na Várzea Grande, obrigando a uma série de condicionalismos no trânsito, conforme se pode ler em edital.

 



- Publicidade -

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo