in ,

R/c da Casa Manuel Guimarães vai ser ocupado com arte contemporânea

O Núcleo de Arte Contemporânea (NAC 2), que até agora funcionou no 1º andar do edifício do turismo, vai mudar para a piso térreo da Casa Manuel Guimarães, no centro histórico de Tomar.

Para adaptação do novo espaço, a câmara contratou, por ajuste direto, o gabinete Integralaec, de Lisboa, que vai fazer o respetivo projeto por 7.725 euros + IVA.

O 1º andar do edifício do turismo vai ser ocupado com a parte administrativa dos serviços de turismo e, uma sala mais pequena, como gabinete dos eleitos do PS.

Naquele histórico edifício nasceu a 15 de janeiro de 1937 o Museu Municipal João de Castilho, homologado pelo Ministro da Educação Nacional em 29 de janeiro de 1938, mas que, nos últimos anos, foi desmantelado.

O atual NAC – Núcleo de Arte Contemporânea está instalado em edifício próprio na rua Gil de Avô, atrás dos Correios, próximo do parque do Mouchão. Entretanto foi criada uma extensão para exposições temporárias (o NAC 2) que primeiro funcionou na Galeria dos Paços do Concelho e nos últimos anos no 1º andar do edifício do turismo.

No 1º andar da Casa Manuel Guimarães (na foto), situada na rua Silva Magalhães, funcionam os serviços da Assembleia Municipal.


Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Tomar entre os piores municípios quanto a presença na internet

Escola de condução TomarDrive: um caso de sucesso