in ,

Coro Canto Firme nasceu há 40 anos

Foi a 27 de janeiro de 1980 que se realizou o primeiro concerto do coro Canto Firme de Tomar. Aconteceu na sede da Sociedade Nabantina, onde o coro ensaiava desde 4 de outubro de 1979.

Divergências na Nabantina ditaram que o grupo, tal como aconteceu com o grupo de teatro Fatias de Cá, saísse e se autonomizasse como associação de cultura a 19 de fevereiro de 1982, data da escritura pública.

No ano em que comemora o seu 40º aniversário, o coro Canto Firme volta a realizar o tradicional concerto de Reis no dia 11 de janeiro pelas 16.30 horas na igreja de S. João Baptista em Tomar.

Artur Silva publicou no Facebook um texto onde recorda os primeiros tempos do Canto Firme, que a seguir reproduzimos:

“Quarenta anos de atividade do Coro Canto Firme

Foi em Janeiro de 1980 que se realizou a primeira apresentação pública do então Coro Canto-Firme Nabantina na sede daquela Sociedade (sendo que o primeiro ensaio foi a 4 de Outubro de 1979).
O Mês de Janeiro, musicalmente, ficou assim no ADN das atividades deste coro.
Cinco anos depois, a publicação de um opúsculo – “Cantar os Reis – no concelho de Tomar”(do autor destas linhas e edição da “Cidade de Tomar”), serviu de pretexto para a realização de um concerto natalício, no salão nobre da Câmara Municipal.
Após a atuação do Coro, à porta da Câmara, na Praça da República, um grande madeiro recebeu, ao início da noite, grupos de reiseiros constituídos pelos informantes das letras e músicas de natal publicadas no referido opúsculo, para “cantarem os reis” no meio de umas “barraquinhas” a cargo de algumas associações do concelho.
Assim se reuniu a tradição musical popular com a tradição histórica da música erudita de função litúrgica, no reviver de uma tradição.
No ano seguinte, com a colaboração da paróquia, tudo isto se voltou a realizar mas já com o primeiro “concerto de reis”, isto é, com a execução coral de um programa com música litúrgica de natal do repertório erudito, apresentado na Igreja Matriz.
Foram muitos os anos com grupos de reiseiros a cantar às portas e a juntar-se, em Janeiro, no madeiro da Praça da Républica, após a realização do concerto de Reis na Igreja de S. João Baptista. Nos dias de hoje, nestes novos tempos, apenas se mantém a persistente tradição do concerto de reis, organizado e ensaiado com muita força de vontade e carinho por um grupo de pessoas que constituem o Coro Canto-Firme.
Por conjeturas de calendário, o concerto de reis de este ano realizar-se-á no dia 11 de Janeiro pelas 16h30.
Será o 40º mês de Janeiro, de “atividade continuada” do Coro-Canto-Firme, um ano que vai ser marcado por atividades de comemoração, em que o concerto de reis de 11 de janeiro é a primeira”.

Artur Silva

Escrita por Redação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Necrologia

Centro Hospitalar abre concursos para admissão de quatro especialistas